domingo, 25 de dezembro de 2011

Calendário de licenciamento para veículos registrados no RS


Caro leitor, é importante lembrar que esta portaria rege o prazo de licenciamento para os veículos registrados no RS. Para os veículos registrados fora do RS e que estejam transitando em vias públicas do RS, deverão ser observados os prazos estabelecidos na Resolução nº110/2000 do Contran, disponível no site: www.denatran.gov.br/resolucoes.htm 
Obrigado pela sua visita.

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Restrições para circulação de veículos de carga em rodovias estaduais (RS)


PREZADO CONDUTOR
O Comando do 1º Batalhão Rodoviário, com Sede em Passo Fundo, vem informar que o DAER, através da decisão normativa 76/2011, está proibindo a circulação de Combinações de Veículos de Carga, Combinações de Transporte de Veículos e Combinações de Transporte de Veículos e Cargas  Paletizadas, mesmo que estejam portando Autorização Especial de Trânsito, as restrições abrangerão os trechos rodoviários de pista simples;  nos seguintes dias e horários:
FIM DE ANO
1.     Dia: 23/12/11 (sexta-feira)    -            06:00h às 12:00h
2.     Dia: 25/12/11 (domingo)       - 16:00h às 22:00h
3.     Dia: 30/12/11 ( sexta-feira)  -             06:00h às 12:00h
4.     Dia: 01/01/12 (domingo)      -  16:00h às 22:00h
 Excetuam-se desta proibição as combinações de veículos com até duas unidades, sendo um caminhão-trator e um semirreboque, desde que não excedam as dimensões regulamentadas no Código de Trânsito Brasileiro e da Resolução 210/06 do CONTRAN.
                “Amigo condutor, para que tenhamos um feliz natal e próspero ano novo, tudo depende de nossas ações, portanto, faça a sua parte”.

Paulo Roberto Mariano de Souza
1º Tenente Analista de Operações
1º Batalhão Rodoviário da Brigada Militar

(54) 9141 7877 – 3313 2933

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Manifesto do Policial Rodoviário

Tantos acidentes, tantas mortes, tantas seqüelas, físicas e ou psíquicas. Já esta chegando ao final de mais uma Campanha Nacional do Trânsito, que ocorre todos os anos no mês de setembro, em todo o País, o qual tem como tema este ano “UM TRÂNSITO MAIS HUMANO”, e para que não passe despercebido, como o têm sido, lanço este manifesto.

Manifesto minha ansiedade, minha tristeza, e a minha preocupação, e um manifesto de luto. Luto por termos, em meio a toda essa violência do trânsito, em meio a tantas mortes, tantas vidas que são interrompidas abruptamente e violentamente. E em meio a toda essa “guerra” parece-me que estamos perdendo a sensibilidade, a capacidade de sentir as perdas humanas, ficamos petrificados diante de tantas mortes, ficamos sem ação sem reação, ocorre tão seguido que já nos acostumamos e tudo já nos parece normal.

Nós Policiais Militares, que temos a missão de patrulhar, orientar, proteger, socorrer todos aqueles usuários de nossas vias de trânsito, estamos enlutados, pois estamos ficando cansados de juntar corpos despedaçados em virtude de graves acidentes de trânsito e, pior ainda, termos que informar dessas tristes noticias a pais, filhos e ou amigos das vitimas, é uma missão por demais difícil, muito difícil mesmo, mas que se tornou rotina em nossas vidas.

Por vezes me parece que estou ficando embrutecido, insensível diante desta rotina, e tenho receio de que eu esteja certo, receio de que eu esteja perdendo o senso de humanismo diante desta guerra que assola o trânsito do nosso Brasil. A sociedade em geral, me parece que já se acostumou. Acostumou-se, pois dia após dia, recebem as notícias de acidentes, e de mortes ocorridas no trânsito, e diante de todo este flagelo não reage mais, desde que o fato não tenha sido com “os seus”...

Penso que, corro um risco enorme de me acostumar, a me acostumar, a não mais ver as pessoas, mas apenas um corpo, o sangue que limpo e ou que vejo limpar de um corpo, que ostensivamente cubro com jornais, não lembrando se quer que acima de uma perícia, ele aguarda a sua ressurreição.

Dentre tantas mortes, eventualmente encontro, algum amigo, parente, conhecido e outros tantos desconhecidos. Porém, todos sem exceção, tinham projetos para o futuro, sonhos a realizar, e que foram subitamente interrompidos pela ignorância, pela imprudência pela estupidez de alguém, ou pelo descaso pela vida, por parte de outros.

Para finalizar, comunico que estamos de luto. Porém isso não significa que desistimos, mas sim que vamos insistir, pois acreditamos no bom senso humano, insistir sim, na conscientização, no respeito às regras e normas de trânsito, o respeito ao veículo que estamos conduzindo, e conclamo a toda sociedade, para que esta campanha da Semana Nacional do Trânsito, com o tema “POR UM TRÂNSITO MAIS HUMANO”, não passe como uma página em branco em nossas vidas, que se preste para que façamos uma profunda reflexão. Reflexão essa, sobre o nosso comportamento no trânsito, nosso comportamento com a máquina, com a via, com o outro condutor, tendo mais tolerância, com os erros e os acertos de outros condutores da via, mais consideração pela vida humana.

Somente ensina-se a tolerar, tolerando, ensina-se respeitar respeitando, ensina-se a amar amando.

Estou realmente cansado... Que DEUS, me de forças para continuar, e me faça ser cada vez mais humano.

FARROUPILHA, RS, 24 DE SETEMBRO DE 2011.



LUIS CARLOS MIENTKEWICZ – 1º SARGENTO

Resp/ CMDO do Grupo Rodoviário De Farroupilha



sábado, 26 de novembro de 2011

Sabedoria do 14° Dalai Lama (Tenzin Gyatso)

"Love and kindness are the very basis of society.  If we lose these feelings,
society will face tremendous difficulties; the survival of humanity will be
endangered."
-- His Holiness the Dalai Lama, from "The Dalai Lama, A Policy of
Kindness",

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Cientista político afirma: Ou nós pagamos decentemente aos policiais, ou essa situação será incontornável


Antropólogo e professor universitário, Luiz Eduardo Soares é um dos especialistas em segurança pública mais entrevistados do Brasil.

Luiz Eduardo Soares é escritor, antropólogo, cientista político e defensor dos Direitos Humanos. Já foi subsecretário de segurança púbica no Rio de Janeiro, secretário de Segurança Nacional, é professor daUniversidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e autor de 10 livros, entre eles Elite da Tropa 1 e 2, que deram origem ao filme Tropa de Elite – um dos maiores sucessos do cinema nacional.
Especialista nos assuntos de segurança pública, Luiz Eduardo já concedeu centenas de entrevistas em programas os mais variados, relatando detalhadamente (como o faz em seus livros) as principais causas para o quadro em que se encontra a segurança pública do país.
E segundo ele, não conseguiremos nenhum avanço significativo se uma política de valorização profissional não for posta em prática pelos governos.
- Ou nós damos um jeito nisso, ou isso dará um jeito em nós, de um modo ou de outro. Ou nós pagamos decentemente aos policiais, ou essa situação será incontornável – disse Eduardo, durante uma entrevista ao programa Sempre um Papo.
É a palavra de um escritor, antropólogo, cientista político e defensor dos Direitos Humanos.

sábado, 12 de novembro de 2011

Menos mortos e feridos em um ano da Lei da cadeirinha


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou que em um ano houve uma diminuição de 41,18% no número de mortes de crianças com até sete anos e meio, graças às normas do Contran que exigem o uso de dispositivos de retenção para crianças transportadas em veículos.
De acordo com a análise 40 crianças de até sete anos morreram em acidentes no primeiro semestre de 2011. Em 2010, 68 crianças haviam morrido no mesmo período.

Figura:http://www.seatcheck.org

Os acidentes de trânsito representam a principal causa de morte de crianças de um a 14 anos no Brasil. Em 2008, de acordo com o Departamento Nacional de Trânsito - Denatran, foram registradas 22.472 feridos em acidentes de trânsito, com idade entre 0 e 12 anos de idade e 802 mortos de mesma faixa etária. A norma estabelece que, crianças de até um ano de idade deverão ser transportadas no equipamento bebê-conforto; crianças entre um e quatro anos em cadeirinhas; e de quatro a sete anos e meio em assentos de elevação. De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, crianças até dez anos devem ser transportadas no banco traseiro.
O transporte de criança em desacordo com as normas (Resolução nº 277/2008, alterada pela Resolução Contran 352/10 e Deliberação Contran 100/10) é considerado infração gravíssima e as penalidades são multa de R$ 191,54, sete pontos na CNH e retenção do veículo até que ocorra a regularização.
Assentos de segurança infantil podem reduzir em 71 por cento a morte dos lactentes e 54 por cento para crianças com idades entre 1 a 4 anos, segundo a National Highway Traffic Safety Administration (NHTSA) dos EUA.
É importante que os equipamentos: tenham o selo do Inmetro, que sejam usados de forma correta e que seja efetuada manutenção nos equipamentos, para evitar conseqüências negativas.

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Yitzhak Rabin - Um grande homem

"A paz não é somente uma bênção; é a primeira de todas em nossas rezas"  Yitzhak Rabin, ex-primeiro-ministro de Israel, assassinado há 16 anos o último discurso proferido por Yitzhak Rabin, minutos antes de ser assassinado na "Praça dos Reis" (hoje "Praça Yitzhak Rabin"), em Tel- Aviv.
"Permitam-me dizer que estou profundamente emocionado. Eu quero agradecer a cada um e a todos vocês, que vieram aqui hoje manifestar-se contra a violência e a favor da paz. Este governo, que eu tenho a honra de dirigir, ao lado de meu amigo Shimon Peres, decidiu dar uma chance à paz - uma paz que resolverá a maioria dos problemas de Israel. Eu fui um militar durante 27 anos. Lutei enquanto não havia chances para a paz. Eu acredito que agora existe uma chance para a paz, uma grande chance. Nós precisamos aproveitá-la pelo bem daqueles que aqui estão, e também pelo bem daqueles que não estão aqui - e existem muitos deles. Eu sempre acreditei que a maioria das pessoas quer a paz e está pronta para assumir riscos para a paz. Ao virem aqui hoje, vocês demonstram que, juntos àqueles muitos outros que não vieram, as pessoas realmente desejam a paz e se opõem à violência. A violência destrói a base da democracia israelense. A violência deve ser condenada e isolada.


Este não é o modo do Estado de Israel. Numa democracia pode haver diferenças, mas a decisão final será tomada em eleições democráticas, como as eleições de 1992 que nos deram o mandato para fazermos o que estamos fazendo, e para continuarmos este curso. Eu quero dizer que estou orgulhoso do fato de representantes de países com quem estamos vivendo em paz estão presentes conosco aqui, e continuarão a estar aqui: Egito, Jordânia e Marrocos, que abriram a estrada da paz para nós. Eu quero agradecer ao Presidente do Egito, ao Rei da Jordânia e ao Rei do Marrocos, representados hoje aqui, pela sua parceria conosco em nossa marcha a caminho da paz. E, mais do que qualquer outra coisa, nos mais de três anos de existência deste governo, o povo de Israel provou que é possível fazer a paz, que a paz abre portas para uma melhor economia e sociedade; que a paz não é somente uma bênção. A paz é a primeira de todas em nossas rezas e também é a aspiração do povo judeu, uma aspiração genuína. Há inimigos para a paz que estão tentando nos ferir, para bombardear o processo de paz. Eu quero dizer, diretamente, que nós encontramos um parceiro para a paz entre os palestinos também: a OLP, que era um inimigo, e que deixou de se engajar no terrorismo. Sem parceiros para a paz, não pode haver paz.

Nós demandaremos que eles façam a sua parte para a paz, assim como nós faremos a nossa parte para a paz, com o intuito de resolver o aspecto mais complicado, prolongado e carregado emocionalmente do conflito árabe-israelense: o conflito palestino-israelense. Este é um caminho carregado de dificuldades e dor. Para Israel, não há caminho sem dor. Mas o caminho da paz é preferível ao caminho da guerra. Eu digo isto a vocês como um militar, alguém que é hoje o Ministro da Defesa e vê a dor da família dos soldados do Tzahal. Por eles, por nossos filhos, no meu caso por nossos netos, eu quero que este governo exaure todas as aberturas, todas as possibilidades, para promover e atingir uma paz completa. Até mesmo com a Síria será possível fazermos a paz. Este esforço deve mandar uma mensagem ao povo de Israel, ao povo judeu ao redor do mundo, às muitas pessoas no mundo árabe e, de fato, ao mundo inteiro, de que o povo de Israel quer a paz, apóia a paz. Por isso, obrigado".

Fonte: Fonte: Jornal ALEF, da comunidade judaica (www.jornalalef.com.br).

sábado, 5 de novembro de 2011

Odres novos e coragem para travessia (Folha de São Paulo)



“Ninguém põe remendo de pano novo em veste velha; porque o remendo tira parte da veste, e fica maior a rotura. Nem se põe vinho novo em odres velhos; do contrário, rompem-se os odres, derrama-se o vinho, e os odres se perdem. Mas põem-se vinho novo em odres novos, e ambos se conservam” (Mateus 9.16,17).

O debate só é possível se pensarmos nos contemporâneos papéis e missões atribuídos à Universidade e à Polícia Militar. Escrevo visando aos que ainda estão na “dúvida razoável”.
A abordagem policial é sempre um momento de grande tensão e exige do profissional de polícia: cautela, firmeza e conhecimento da legislação.
Os manifestantes sabem que nada mais recorrente do que ouvir que a USP está distante do dia-a-dia e dos problemas das pessoas comuns. Seguir a opção de afastar a PM do campus, neste momento, reforçará esta imagem.
A USP firmou convênio temporário com a PM no sentido de que policiais militares com motos e viaturas operacionais também exercessem o inquestionável poder de polícia no interior do campus, apoiando a competente Guarda Universitária. Um recente homicídio ocorrido na FEA motivou o convênio.  
Não cabe ao patrulheiro questionar o que foi decidido e planejado, dentro da legalidade. Prever e prover são tarefas do escalão superior sempre com respeito à vida, integridade física, dignidade das pessoas e interagindo com o cidadão, construindo soluções sólidas e perene para os problemas de segurança.
Em 2011, registramos 146 mil interessados em freqüentar o campus; mais de 133 mil não terão êxito.
Na USP, onde me formei, ou na Cidade Tiradentes, onde morei, a atuação, postura e transparência da atividade policial deverá ser a mesma,  quer quanto ao uso de drogas, quer em ocorrências de dano ao patrimônio público. Aos uspianos, não há que se falar em uso inocente ou desconhecimento do submundo drogas.

A Universidade lutou para que a prestação dos serviços públicos essenciais (saúde, educação e segurança) ocorressem de forma indistinta e com imparcialidade.
 A segurança pública é um processo sistêmico e responsabilidade de todos. Queiramos ou não, a polícia representa o resultado da correlação de forças políticas existentes na própria sociedade.
Um PM é um profissional do Estado como qualquer outro, contudo, mexe com questões vitais altamente sensíveis e explosivas (vida e liberdade) e só ele pode, na forma da lei, fazer seu papel usando, se necessário, a força.
Certamente parte da sociedade alegrou-se  ao ver discentes promoverem ato favorável à manutenção da PM, que zela pela mais perfeita fruição da vida universitária. A frase da praça do Relógio pode ajudar aos mais extremistas neste debate: “No Universo do conhecimento o centro está em toda  parte”.
Em um esforço com as palavras eu diria que o papel da polícia é manter o tenso equilíbrio da lei e da ordem, não qualquer ordem – mas aquela desejada pelos justos cidadãos; pelo que consta, estes não repelem a PM.
Ao contrário do que alguns ainda pensam, a moderna formação e os constantes treinamentos habilitam a PM a lidar com ocorrências e adversidades de toda ordem, em qualquer dia, horário e lugar.  
Lembro Fernando Pessoa: “Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já têm a forma do nosso corpo. E esquecer os nossos caminhos que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia. E se não ousarmos fazê-la. Teremos ficado para sempre. À margem de nós mesmos.”

Ronilson de Souza Luiz, capitão da Polícia Militar, docente da Academia de Polícia Militar do Barro Branco e doutor em educação pela PUC/SP. (profronilson@gmail.com)

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Farda e vocação

"A farda é leve para quem a veste por vocação, mas é fardo insuportável para aquele que não compreendeu a missão para a qual prestou juramento"
                                                                                    (1° sargento Gerson Boss)
****************************************************************************************************
Translate:


Military uniform and vocation
"The uniform is light for those who wear it by vocation, but it is unbearable burden for those who did not understand the mission for which hewas sworn in"

                                                             (First Sergeant Gerson Boss - From Lageado/Brazil)

Pensamento de Paulo Coelho

Fonte: http://paulocoelho.com
As Pessoas vêem o mundo, não como ele é, mas como elas são. (Paulo Coelho)

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Reflexão sobre a vida de um policial

"Ser policial exige a rapidez de um executivo, a coragem de um herói, o discernimento de um juiz e o tato de um psicólogo."
                                                                 (Stephen Kanitz)

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Fazenda do RS notificará 25 mil proprietários de veículos com IPVA em atraso

     Na segunda quinzena de outubro, 25 mil proprietários de veículos terão seus nomes publi
cados no DOE, como inadimplentes do IPVA.O não pagamento do imposto somam R$ 8,76 
milhões em todo o Estado do RS. 
    Os proprietários notificados deverão efetuar o pagamento do IPVA atrasado a partir do dia 24 de outubro diretamente na rede bancária. Após 60 dias o contribuinte do IPVA poderá ser inscrito em dívida ativa e encaminhado para cobrança judicial. Para conhecer a situação dos veículos com relação ao IPVA os contribuintes podem consultar no site daSecretaria da Fazenda (Sefaz), no assunto IPVA, conhecendo a placa e o código Renavam.

    Segundo o subsecretário da Receita Estadual, Ricardo Neves Pereira, até agora já entraram nos cofres do Estado, de janeiro a agosto, R$ 1.214.388.522,27, sendo 20% deste destinado ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) e aplicado em educação pelo Estado e Municípios. Do restante, 50% fica para o Estado e 50% é transferido aos Municípios para aplicação livre. O IPVA, historicamente corresponde a aproximadamente 5,5% de toda a arrecadação tributária do Estado. "Essa ação busca diminuir a inadimplência com o imposto no Estado que já é baixa, situando-se em torno de 2%, pela média dos últimos anos", conclui Ricardo Neves. 

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Steve Jobs e seus pensamentos - Steve Jobs and your thoughts

"Remembering that I'll be dead soon is the most important tool I've ever encountered to help me make the big decisions. Because almost everything - all external expectations, all pride, all fear of embarrassment or failure - fall to death, leaving only what is just important. there is no reason not to follow your heart. "
 
Translation:
 "Lembrar que estarei morto em breve é a ferramenta mais importante que já encontrei para me ajudar a tomar grandes decisões. Porque quase tudo - expectativas externas, orgulho, medo de passar vergonha ou falhar - caem diante da morte, deixando apenas o que é apenas importante. Não há razão para não seguir o seu coração".
****************************************************
You have to find what you like. And this is true for your work as their partners. His work will occupy a large part of his life, and the only way to be truly satisfied is to do what you believe is great work. And the only way to do a great job ... is doing what you love doing. If you have not found, keep looking. Do not settle. As with the things of the heart, you know when you find. And like any great relationship, it gets better and better over the years. So keep looking until you find. Do not settle.
Translation:
Você tem que encontrar o que você gosta. E isso é verdade tanto para o seu trabalho quanto para seus companheiros. Seu trabalho vai ocupar uma grande parte da sua vida, e a única maneira de estar verdadeiramente satisfeito é fazendo aquilo que você acredita ser um ótimo trabalho. E a única maneira de fazer um ...ótimo trabalho é fazendo o que você ama fazer. Se você ainda não encontrou, continue procurando. Não se contente. Assim como com as coisas do coração, você saberá quando encontrar. E, como qualquer ótimo relacionamento, fica melhor e melhor com o passar dos anos. Então continue procurando e você vai encontrar. Não se contente.
**************************************************
Your time is limited, so do not waste it living someone else's life. Do not be trapped by dogma - which is living with the results of the thinking of others. Do not let the noise of others' opinions drown out your own inner voice. And most important, have the courage to follow your heart and intuition. They somehow already know what you really want to become. Everything else is secondary.
Translation:
Fonte: http://www.pcmag.com/article2/
       Seu tempo é limitado, então não percam tempo vivendo a vida de outro. Não sejam aprisionados pelo dogma – que é viver com os resultados do pensamento de outras pessoas. Não deixe o barulho da opinião dos outros abafar sua voz interior. E mais importante, tenha a coragem de seguir seu coração e sua intuição. Eles de alguma forma já sabem o que você realmente quer se tornar. Tudo o mais é secundário.

 Steve Jobs 1955-2011*
 

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Lição do Talmud - Lesson from the Talmud

"Amar o seu semelhante é a primeira de todas as virtudes."

(Talmud)

"Loving your neighbor is the first of all virtues."
 

Fonte: Berel N. Engelmann

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

ANO NOVO JUDAICO - SHANÁ TOVÁ 5772

No dia 29 de setembro deste ano, após o entardecer, o povo judeu comemora o ano novo (ROSH HASHANÁ -  ראש השנה), de acordo com o calendário judaico. Ele inicia no primeiro dia do mês de Tishrei.


Ao querido povo judeu, SHANÁ TOVÁ 5772.







Retransmito a gentil mensagem do Chaver Berel N. Engelmann, pessoa a quem muito estimo:
Amigo Lauro Pedot,

Nesse novo ano judaico que se inicia e que comemoramos o ano de 5772 desejamos não somente aos judeus e sim a toda humanidade um ano de muitas alegrias, um ano de muita saúde e um ano melhor em todos os sentidos, um  ano em que todos os povos possam congregar em paz, o qual cada individuo possa respeitar a individualidade do outro,  independentemente de suas crenças e religiões.

À você meu Amigo, digo que és uma pessoa muito integra e com as suas ações o mundo só tem a melhorar.

Em meu nome e em nome de toda a Coletividade Israelita de Passo Fundo desejamos à todos um

Shaná Tová Umetuká! E que todos possam serem inseridos no Livro da Vida..

Um forte abraço com Shalom!

Berel Natan Engelman

Líder da Comunidade Israelita de Passo Fundo/RS.



sábado, 24 de setembro de 2011

Toyota - Vidros automotivos que interagem

Aplaudamos as inovações tecnológicas na área automotiva e de trânsito.Às vezes quando pensamos que está esgotada a capacidade criativa do ser humano, o Cosmos nos impressiona novamente, como num toque de mágica, através do instrumento chamado espécie humana; no momento são os engenheiros da Toyota Motors européia e do Instituto de Design de Copenhague que criaram um vidro automotivo sensível ao toque, o que tornará as viagens bem mais agradáveis.


Para mais informações acesse: http://www.webmotors.com.br/wmpublicador/yahooNoticiaConteudo.vxlpub?hnid=45714


Obrigado pela visita! Ótima semana!


Shavua Tóv!

domingo, 11 de setembro de 2011

Lançado oficialmente o site do CETRAN/RS


No dia 08 de setembro, na sede do Cetran/RS, ocorreu o lançamento oficial do primeiro site da história do órgão. O ato contou com as presenças do vice-governador do Estado,  Beto Grill, e do presidente do Detran/RS, Alessandro Barcellos, entre outros.  O presidente do CETRAN/RS, Jaime Lobo Pereira, destacou a importância do site como ferramenta de trabalho, principalmente para os Órgãos de Trânsito do Estado, os quais passam a contar, a partir de agora, com o sistema atualizado que disponibilizará toda a legislação necessária para o desenvolvimento de seus serviços de fiscalização e educação para o trânsito. Este importante avanço foi possível através das parcerias realizadas entre o Cetran e demais órgãos do Governo do Estado, como o Gabinete do Vice-Governador, Detran/RS e Procergs. 

Beto Grill destacou o avanço na melhoria do trabalho que vem sendo realizado entre Cetran e Detran/RS, cujo resultado final repercute diretamente na segurança do trânsito.
"A partir de agora o site está disponível para uso de todos os cidadãos e órgãos de trânsito do Estado, para melhorar seu acesso a informações e ressaltar a transparência do trabalho realizado pelo Conselho Estadual de Trânsito", concluiu Jaime Lobo Pereira.
 
(Texto extraído do site: www.cetran.rs.gov.br )
Meus cumprimentos ao Exmo. Sr. Presidente do Cetran, Jaime Pereira, e assessoria, pela inovação e pela iniciativa em prol da segurança da vida humana no trânsito.

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Repensando paradigmas profissionais e pessoais - Fernando Pessoa

Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares . É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos." (Fernando Pessoa)


A citação, acima, nos convida a uma reflexão sobre as nossas técnicas, ações, políticas de trabalho, convicções profissionais e pessoais. Se queremos novos resultados na nossa área profissional e pessoal, necessitamos de novos procedimentos! Você concorda?

domingo, 21 de agosto de 2011

Alterações no Código de Trânsito Brasileiro (CNH para motor-casa e trailer)


Olá amigos e amigas leitores.


     Agradeço pela tua visita. Obrigado por prestigiar-me. Transcrevo, abaixo, as últimas alterações do Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9503/97). Ela trata sobre as categorias de habilitação para conduzir veículos. Trouxe acréscimos, pois esclareceu em parte a categoria para motor-home, porém também trouxe dúvidas. 


       " Art. 143. Os candidatos poderão habilitar-se nas categorias de A a E, obedecida a seguinte gradação:
        I - Categoria A - condutor de veículo motorizado de duas ou três rodas, com ou sem carro lateral;
        II - Categoria B - condutor de veículo motorizado, não abrangido pela categoria A, cujo peso bruto total não exceda a três mil e quinhentos quilogramas e cuja lotação não exceda a oito lugares, excluído o do motorista;
        III - Categoria C - condutor de veículo motorizado utilizado em transporte de carga, cujo peso bruto total exceda a três mil e quinhentos quilogramas;
        IV - Categoria D - condutor de veículo motorizado utilizado no transporte de passageiros, cuja lotação exceda a oito lugares, excluído o do motorista;
        V - Categoria E - condutor de combinação de veículos em que a unidade tratora se enquadre nas Categorias B, C ou D e cuja unidade acoplada, reboque, semi-reboque ou articulada, tenha seis mil quilogramas ou mais de peso bruto total, ou cuja lotação exceda a oito lugares, ou, ainda, seja enquadrado na categoria trailer.
        V - Categoria E - condutor de combinação de veículos em que a unidade tratora se enquadre nas categorias B, C ou D e cuja unidade acoplada, reboque, semirreboque, trailer ou articulada tenha 6.000 kg (seis mil quilogramas) ou mais de peso bruto total, ou cuja lotação exceda a 8 (oito) lugares.   (Redação dada pela Lei nº 12.452, de 2011)
        § 1º Para habilitar-se na categoria C, o condutor deverá estar habilitado no mínimo há um ano na categoria B e não ter cometido nenhuma infração grave ou gravíssima, ou ser reincidente em infrações médias, durante os últimos doze meses.
        § 2o  São os condutores da categoria B autorizados a conduzir veículo automotor da espécie motor-casa, definida nos termos do Anexo I deste Código, cujo peso não exceda a 6.000 kg (seis mil quilogramas), ou cuja lotação não exceda a 8 (oito) lugares, excluído o do motorista.   (Incluído pela Lei nº 12.452, de 2011)
        § 3º Aplica-se o disposto no inciso V ao condutor da combinação de veículos com mais de uma unidade tracionada, independentemente da capacidade de tração ou do peso bruto total. (Renumerado pela Lei nº 12.452, de 2011)"


       As dúvidas que ocorreram:
       1. No parágrafo 2°, o termo "peso" refere-se a peso bruto total (PBT) ou lotação?
       2. No parágrafo 3°, ao invés de "peso bruto total", creio que o ideal seria peso bruto total combinado (PBTC), pois refere-se a mais que um veículo;
      3.O ideal e mais pedagógico não seria ter alterado o próprio texto do inciso II, e não ter incluído o § 2° ?
      4..O ideal e mais pedagógico não seria ter alterado o próprio texto do inciso V, e não ter incluído o § 3° ? 
      Os termos que sugeri, acima, para melhor entendimento podem ser consultados no anexo I do CTB (Código de Trânsito Brasileiro, aprovado pela Lei 9503/97).
      Não esqueçamos que a alteração já é um avanço, pois mencionou o veículo motor-casa na gradação das categorias de CNH, asssunto omisso no CTB, até a data desta alteração.


      Com o mais profundo respeito aos legisladores, penso que seria interessante analisar minhas humildes, contudo sinceras observações.


       Convido você a expor a opinião, aqui no nosso blog.


       Obrigado!

sábado, 13 de agosto de 2011

FELIZ DIA DOS PAIS POLICIAIS MILITARES, CIVIS, FEDERAIS, GUARDAS MUNICIPAIS, VIGILANTES E MILITARES

FELIZ DIA DOS PAIS POLICIAIS DE TODAS AS CORPORAÇÕES
Aos leitores policiais de outras nacionalidades:
Happy Father's Day police and military!
¡Feliz Día de los padres policiales y militares!
Parabéns a Comunicação Social do 32° BPM, pelo excepcional trabalho.

Carteira de Habilitação Européia - European Driving License

       O Parlamento Europeu aprovou a norma,  Diretiva 2006/126/EEC, que foi publicada no Jornal Oficial da União Europeia em 30 de dezembro de 2006, ela estabelece, que a partir de 2013, haverá um único documento de habilitação (padrão), em toda a União Européia. A European Driving License (EDL), substituirá 110 documentos de habilitação emitidos atualmente pelos estados-membros.  
       O controle sobre os infratores será ultra-fronteiras, i. é., um condutor que tenha sido detectado em estado de embriaguez num dos países da UE, não poderá conduzir nos outros países, enquanto estiver cumprindo a penalidade.
      Uma síntese das categorias da EDL está exposta no quadro ao lado.
      A EDL poderá ter um chip com informações pessoais do condutor. Somente pode candidatar-se quem tiver mais de 18 anos. O tempo necessário, equivalente a nossa Permissão para Dirigir, enquanto aqui é por 01 anos, lá é por 03 anos. O exame médico para a obtenção dela, somente poderá ser efetuado por um oftalmologista. Para quem pensa que as nossas regras sobre habilitação são duras, está enganado; comparando-se com as regras européias, as nossas são muito suaves. Lá é necessário frequentar um curso de sensibilização sobre o trânsito, além de outras disciplinas.
      Será que servirá para inspirar a criação da CHM - Carteira de Habilitação do Mercosul ou LCM - Licença para condução no Mercosul?      
       A criação dos documentos sugeridos, depende apenas de nós; alterar o RBUT - Regulamentação Básica Unificada de Trânsito e adaptar às gestões de trânsito dos estados-membros do Mercosul, não é difícil.
       Obrigado pela visita! Deixe seu comentário!
   Figura (fonte): http://en.wikipedia.org/wiki/Driving_licence_in_the_European_Union

domingo, 7 de agosto de 2011

Carteira de Habilitação Italiana - Patente di Guida

A Carteira de Habilitação Italiana para conduzir veículo (em italiano, Patente di Guida) modelo comunitário, de acordo com o art. 116 do CdS - Codice della Strada, destaca-se nas seguintes categorias, para conduzir um veículo:

A - Motocicletas com o total de até 1,3 toneladas;
B - Os veículos a motor, excluindo motocicletas, não superior a 3,5 t GVW e cujo número de assentos, excluindo o do condutor, não seja superior a 8, mesmo com um reboque ligeiro ou um reboque que não exceda a tara do veículo trator e que não implique em um peso total para os dois veículos com mais de 3,5 toneladas;
C - Os veículos a motor,com peso total superior a 3,5 toneladas
D - ônibus e outros veículos automóveis para o transporte de pessoas, cujo número de assentos, excluindo o condutor, é superior a 8;

E; caminhões para transporte de pessoas e ônibus articulados, desde que o condutor esteja habilitado a conduzir veículos para os quais é exigida autorização na categoria D, outros caminhões, desde que o condutor está habilitado a conduzir veículos automóveis para os quais é necessário dirigir na categoria C.
Reboques ligeiros:são mais leves  de uma carga total de até 0,75 toneladas



   Este pequeno comentário tem apenas a finalidade informativa, para conduzir veículos conforme o citado, em solo italiano ou em locais em que haja reciprocidade legal, deverá ser efetuada consulta ao Codice della Strada, antes de conduzir veículo.


Foto: A fonte é: www.google.com.br/imgres?imgurl=http://farm3.static.flickr.com

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Divulgado relatório sobre controladores de velocidade




O Conselho Estadual de Trânsito (Cetran/RS) apresentou, nessa quinta-feira (04), em coletiva de imprensa, o relatório geral da auditoria realizada em controladores de velocidade de 29 municípios e 40 rodovias do Estado sob a responsabilidade do DAER.  A investigação iniciou em abril deste ano, após denúncias de irregularidades veiculadas na imprensa.
As inspeções dos controladores, normatizadas pela Resolução nº 38/11, do Cetran/RS, avaliaram a localização, a instalação, operação, estudos técnicos, plano de sinalização, laudo de homologação do Inmetro e contratos relacionados à aquisição ou locação dos equipamentos.
 Dos 29 municípios analisados, 03 estavam com controladores desativados, 23 apresentaram estudos técnicos irregulares (apócrifos, incompletos, sem metodologia), 14 apresentaram problemas de sinalização (inexistência ou encobrimento das placas) e 06 apresentaram problemas nos laudos de aferição (inexistência, laudos vencidos e/ou com divergência de datas de aferições com as datas do Inmetro).
A investigação detectou ainda que as formas de pagamento previstas nos contratos variam muito de município para município. Seis municípios realizam pagamento por faixa fiscalizada, cinco por multas efetivamente pagas, seis por equipamento, dois por percentual de saldo líquido de conta específica, dois municípios repassam o saldo líquido da conta trânsito e seis atuam com equipamento próprio. Um dos municípios realiza o pagamento por acordo judicial.
Em relação a coleta de dados – que deve ser realizada por servidor designado ou pela transmissão remota de dados -  o Cetran/RS constatou que somente 28% cumpre a normatização. Trinta e um por cento não cumpre e 24% cumpre parcialmente. Outros 14% estão desativados e 3% não cumprem por determinação judicial.
Os estudos técnicos do DAER atendem parcialmente aos padrões, pois não definem a descrição do processo de análise de estudo de velocidades nas vias. Em 2% dos locais (do total de 87 monitorados pelo órgão) existem problemas de sinalização. Não foram encontradas irregularidades na aferição e na coleta de dados. Nos contratos do DAER com as empresas fornecedoras dos equipamentos, o pagamento é feito pelo valor global de cada contrato.
Cetran/RS sugere mudanças na legislação
Considerando o que foi apurado nas inspeções técnicas, o Conselho detectou a necessidade de mudanças principalmente no tocante a legislação. “A legislação existente não define de forma clara, por exemplo, critérios de definição de equipamentos para medir velocidade entre a máxima e a mínima permitida para a via”, explica Jaime Pereira, Presidente do Cetran/RS.
 Entre as sugestões constantes no relatório do Cetran/RS está a alteração da Resolução 146/03, do Contran, para tornar obrigatório o envio dos estudos referentes a fiscalização da velocidade por controladores eletrônicos aos Cetrans antes de sua implantação.
 O relatório foi encaminhado ao Ministério Público e ao Tribunal de Contas do Estado, para as providências que julgarem necessárias.


Publicada em 04/08/
Fonte:www.detran.rs.gov.br